pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Rio Grande do Norte e Maçons Potiguares na Revolução Pernambucana de 1817


Segundo a wikipedia, a “chamada Revolução Pernambucana, também conhecida como Revolução dos Padres, foi um movimento emancipacionista que eclodiu em 6 de março de 1817, na então Capitania de Pernambuco, no Brasil.

A movimentação expansionista daquela revolução alcançou outros estados da Região Nordeste Brasileira, inclusive, o Rio Grande do Norte, onde se verificou que:

[…] o movimento conseguiu a adesão do proprietário de um grande engenho de açúcar, André de Albuquerque Maranhão, que depois de prender o governador, José Inácio Borges, ocupou Natal e formou uma junta governativa, porém não despertou o interesse da população e foi tirado do poder em poucos dias. O jornalista Hipólito José da Costa foi convidado para o cargo de ministro plenipotenciário da nova república em Londres, mas recusou.

Entusiasmado com a temática histórica, o Sargento da Polícia Militar, Lourival Cassimiro da Costa Júnior, pesquisou-a, consolidando-a em “A Participação da Capitania do Rio Grande do Norte e de Maçons Potiguares na Revolução Pernambucana de 1817”. Este é, portanto, o nome do livro do Sargento Cassimiro, que destaca episódios sobre a participação da capitania do RN e de Maçons naquela revolução do nordeste.

Assim — na última sexta-feira (10), na presença de outros profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, no Salão Nobre do Quartel do Comando Geral daquela Instituição Militar Estadual —, o Sargento Cassimiro, da 1ª Seção da Polícia Militar, participou entusiasmado do lançou da segunda edição do livro de sua autoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Equipe PontoPM

Equipe PontoPM