pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

UMA REFLEXÃO SOBRE O PENSAMENTO DE CARLOS BRAGA

“Ao lutar contra o mal, necessariamente, você utiliza as armas do mal, questão de compatibilidade, no entanto, a estratégia tem de ser do bem. Somente a verdade necessária – aquela que exprime a razão do universo – prevalecerá.
CARLOS ALBERTO DA SILVA SANTOS BRAGA”

O uso de armas do mal na luta contra o mal poderá ser ética e moralmente defensável, embora discutível na perspectiva da retórica do politicamente correto num mundo cada vez mais social-democrata, esquerdizado e idiotizado.

Benjamim Disraeli, escritor, primeiro-ministro inglês na Inglaterra imperialista e fundador do Partido Conservador moderno, terá concitado em alto e bom tom que “o momento exige que os homens de bem tenham audácia dos canalhas”.

Certamente na “Solução Disraeli” se admitirá o uso das armas do mal na perspectiva do bem comum e na legítima defesa da verdade universal.

Essa solução, aliás, terá peso do “bom combate” das Escrituras e portanto contará com as bênçãos dos Céus, do Criador e do Senhor dos Exércitos.

Porém, não será fácil combater os canalhas, segundo duas profecias do melhor frasista brasileiro, o jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues…

Não será fácil porque os canalhas são muitos e vão dominar o mundo: “Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos”…

Segundo porque os canalhas hoje estão liderando, são os dominantes e os homens de bem os dominados: “Hoje, tudo é possível, tudo. Há idiotas liderando povos, fazendo história e fazendo lendas.”…

A messe é grande e os trabalhadores são poucos. Difícil será retomar a normalidade social, se é que algum dia isso seja novamente possível…

Sigo pessimista…

Uma resposta

  1. Caro Amigo Ernest Soares, Coronel da Força Pública de Minas Gerais, recentemente imerso, através das letras e sinergias no mundo das ideias, dos ideias e dos princípios quânticos da percepção universal, como articulista do espaço virtual PontoPM. Parabéns pela erudição histórica e percepção do para onde caminha a humanidade, talvez um Farenheit 451, ou ainda 1984, não sei. Com certeza nada é definitivo nesse falso ambiente anarcocapitalista dominado pela social-democracia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a)

Ernestt Soares - Coronel Veterano

Ernestt Soares - Coronel Veterano

Coronel Veterano da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais é Aspirante-a-Oficial da turma de 1986. Como profissional se enquadra na categoria dos grandes - pensador, inteligente , exemplar, conciliador e presencial. Como homem se enquadra na categoria dos dogmáticos - família, Deus, Estado, natureza humana e verdade necessária. Como pessoa se revela filho, marido, pai, irmão e sobretudo Amigo, desses que se escrevem com o “A” maiúsculo e de largo sorriso. Também errante, como a quase totalidade dos que viveram a infância e a adolescência em Bom Despacho, ainda não encontrou o ninho, no entanto, nunca retornou à caverna. Culturalmente, graças ao ambiente doméstico de sua infância - seu pai, Militar da PMMG, era professor de ciências físicas e biológicas, foi aluno das grandes referências culturais de Bom Despacho e durante o Curso de Formação de Oficiais, na Academia de Polícia Militar do Prado Mineiro, revelou-se naquilo que sempre foi - excelente aluno, atleta diferenciado, referência para os subordinados e de sorriso incontido. Assim sempre o enxerguei e enxergo, o conheço, profissionalmente, desde o dia em que ingressei na Academia de Polícia Militar do Prado Mineiro, no longíquo 31 de janeiro de 1983.