pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

A quarta geração de Tiradentes

No dia de hoje, 21 de abril, data em que se comemora o Suplício do Protomártir da Independência do Brasil e ícone da Inconfidência Mineira, fiz uma visita à Maria Amélia Gonzaga Braga, a quarta geração de Tiradentes após o salgar a casa.

Salgar a casa, nos dizeres de Costa Val e Viana (2008), é por sua vez uma simbologia de não permitir que sobressaiam vestígios do condenado e de seus atos, ressaltados pelo erguimento dos padrões que representavam a condenação.

Após a condenação de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, pelo Tribunal de Alçada, nos termos da sentença aplicou-se o salgar a casa, o apagamento da memória do supliciado.

Com o apagamento da memória, não há que se falar em herdeiros e, conforme o direito da época os bens passariam ao Estado, o Juízo do Fisco e da Inconfidência, foi instaurado para se fazer o levantamento dos bens do supliciado.

Não era mais permitido usar o nome XAVIER pelos descendentes de Tiradentes, os quais passaram a assinar o nome GONZAGA.

A família GONZAGA fixou residência na localidade da Boa Vista, atualmente um distrito do município de Martinho Campos, próximo aos Rios Lambari e Capivari, na bacia hidrográfica do Baixo Rio Pará.

Uma das mulheres da família Gonzaga contraiu matrimônio com um dos homens da família Braga da Silva, que residia na trabanda do Rio Capivari em Córrego Areado e Barreiro no município de Bom
Despacho.

O nome da mulher é Maria Amélia Gonzaga Braga, esposa do meu primo José Braga Sobrinho, filho da minha tia Alice Braga da Silva.

Na pessoa de Maria Amélia Gonzaga Braga, fica a minha reverência e respeito ao nome TIRADENTES.

14 Responses

  1. Que maravilha Major Carlos, saber dessa linhagem tão importante, a de Tiradentes. Parabéns pelo texto e por esse espaço aqui, quanta contribuição o senhor tem trazido a cerca da Memória de Minas. Gratidão!

  2. Minha querida Márcia Alkimin, boa-tarde! Muito obrigado pelas palavras, procuro contribuir com um pouco do que recebi em conhecimento e valho-me do espaço virtual PontoPM para chegar até as pessoas que se interessam pelos meus escritos. Realmente é uma experiência única visitar a minha querida prima Maria Amélia Gonzaga Braga que com os seus 93 anos continua lúcida. Abraços.

  3. Que bacana a visita e pesquisa que realizou caríssimo pesquisador Carlos Braga. Se aprofundar um pouquinho mais acredito que acrescentará Gonzaga como mais um de seus ilustres sobrenome 😊 Parabéns 👏

    1. Meu Amigo Valter Braga do Carmo, sempre presente comigo no espaço virtual PontoPM, creio que não sou digno de tão nobre ascendência. De qualquer forma obrigado pelos elogios. Abraço.

  4. Caro Confrade Carlos Braga, a AMCLAM enriqueceu-se com a sua incorporação aos nossos quadros, parabenizo-o pelas vossas postagens rica em informações e conhecimentos.

    1. Caro Amigo Confrade e Acadêmico-Presidente da Academia Maranhense de Ciências Letras e Artes Militares, também Coronel da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Carlos Furtado, muito me alegram as vossas palavras e o sentido que dá ao meu pertencimento aos quadros do Sodalício Militar Maranhense, com certeza muito me honra pertencer e me fazer presença no ambiente cultural do Estado do Maranhão. Através do espaço virtual PontoPM procuro externar um pouco do que me é possível produzir. Sinceramente, muito obrigado.

  5. Olá quanto tempo, mais um artigo de grande instrução, ainda mais se tratando da família de Tiradentes, Major Carlos Braga parabéns por este instrutivo artigo ,um grande abraço.

    1. Bom-dia meu querido sobrinho Alexandre Magno de Miranda! Obrigado pela manifestação de apreço e consideração aos meus escritos. Através do espaço virtual PontoPM procuro expressar a minha alegria e compartilhar a alegria do Conhecimento. Continuemos juntos no mesmo propósito. Abraço.

  6. Parabéns meu grande amigo e grande representante da polícia Militar de Minas Gerais,só poderia ser descendente de tão grande linhagem com tamanha inteligência e cultura da gula é detentor.um grande ,abraço do amigo Antonio Nicolau Ribeiro

    1. Meu Amigo Antônio Nicolau Ribeiro, quem me dera ter a linhagem e a grandeza da Família Gonzaga que sucede ao nosso icônico personagem símbolo da luta pela liberdade em Minas Gerais. Tiradentes é um exemplo de homem que nos faz falta. Obrigado pela amizade e pela visita ao espaço virtual PontoPM.

  7. Wowww… que interessante e gratificante saber dessa descendência tão honrosa e importante para o Brasil.
    Emocionante!!!

    1. Meu caro Amigo Antônio Roberto Sá, oportunidade ímpar de estar com uma pessoa de 93 anos, lúcida, agradável, alegre e com um espírito jovial. Alguém que sempre se mostrou disponível e pronta a ajudar, até recentemente fazia, manualmente, roupas de bonecas para as crianças mais pobres. Espírito de solidariedade e amor ao próximo, como Tiradentes. É para mim uma honra e uma alegria imensurável estar com Maria Amélia Gonzaga Braga, especialmente em 21 de abril próximo passado. Através do espaço virtual PontoPM pude levar a alegria do encontro a todos os meus amigos. Obrigado sempre.

  8. Muito interessante . Penso que muitos ainda desconhecem a história como ocorreu a Inconfidência Mineira. Parabéns.

    1. Meu caro Amigo Celton Godinho de Assis, com quem me permito aprofundar sobre o tema ler algo sobre um período draconiano e de puro absolutismo, como o foi o último quartel do século XVIII, sem análise do ambiente de época, é como ler a Bíblia e Interpretar a letra morta e não a palavra viva. Creio que o espaço virtual PontoPM nos permite ir além e a partir daí agradeço ao nobre amigo o sentido por trás das palavras. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Carlos Alberto da Silva Santos Braga

Carlos Alberto da Silva Santos Braga

Major PM Carlos Alberto da Silva Santos Braga, natural de Bom Despacho - MG é Aspirante-a-Oficial da Turma de 1987. Ingressou na PMMG no ano de 1982, no Batalhão de Polícia de Choque, onde fez o Curso de Formação de Soldados PM. É Especialista em Trânsito pela Universidade Federal de Uberlândia e Especialista em Segurança Pública pela Fundação João Pinheiro. Durante o serviço ativo como Oficial na PMMG - 1988 a 2004 - participou de todos os processos estruturantes do Ensino, Pesquisa e Extensão. Nos anos de 1989 e 1990 participou da formação profissional da Polícia Militar do então Território Federal de Roraima durante o processo de efetivação da transformação em Estado. Foi professor da Secretaria Nacional de Segurança Pública nos Cursos Nacionais de Polícia Comunitária. A partir de 2005, na Reserva da PMMG, trabalhou como Vice-Diretor da Academia de Polícia Integrada de Roraima - Projeto da SENASP - foi Membro do Conselho Estadual de Trânsito de Roraima, Membro do Conselho Diretor da Fundação de Educação Superior de Roraima - Universidade do Estado de Roraima, Coordenador do Curso Superior de Segurança e Cidadania da Universidade do Estado de Roraima. Foi Superintendente Municipal de Trânsito de Boa Vista, Superintendente da Guarda Civil Municipal de Boa Vista, Assessor de Inteligência da Prefeitura Municipal de Boa Vista e professor nos diversos cursos daquela Prefeitura. Como reconhecimento aos serviços prestados ao Município de Boa Vista e ao Estado de Roraima foi agraciado com o Título de Cidadão Honorário de Boa Vista - RR e com a Medalha do Mérito do Forte São Joaquim do Governo do Estado de Roraima. Com dupla nacionalidade - brasileira e portuguesa - no período de fevereiro de 2016 a outubro de 2022, residiu em Braga - Portugal onde desenvolveu projetos de estudos na área do Conhecimento. Acadêmico-Correspondente da Academia Maranhense de Ciências Letras e Artes Militares - AMCLAM.