pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Câmara Municipal de Porto Alegre homenageia os “Boinas azuis” do Rio Grande do Sul

A exemplo do que acontece em várias localidades, seguindo a orientação da Organização das Nações Unidas (ONU) que homenageia, no Dia Internacional dos Pacificadores (29/5), a Câmara Municipal de Porto Alegre distinguiu os valorosos homens e mulheres dignos de usarem a “boina azul” que é um símbolo dos pacificadores.

Os Peacekeepers são reconhecidos e homenageados pelos serviços prestados nas ações e operações de paz desenvolvidas em países em situações de crises das mais diversas naturezas.

A notícia transcrita a seguir, foi publicada no portal da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

Leia e conheça mais detalhes sobre a homenagem prestadas aos “boinas azuis” gaúchos.

Policiais militares, conhecidos mundialmente por Boinas Azuis, os Peacekeepers, foram homenageados pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre, nesta segunda-feira (29), pelo Dia Internacional dos Pacificadores das Nações Unidas.

A homenagem foi uma sugestão da vereadora Comandante Nádia, que lembrou que dos oficiais que estiveram nestas operações, um deles faleceu durante a missão e dois em acidente de trânsito. “Nosso reconhecimento a estes homens e mulheres, em especial os oficiais da Brigada Militar nessas tão honrosas missões”, falou.

Segundo o comandante-geral da BM, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, a homenagem, em especial aos brigadianos, se dá pela vocação da corporação como força de paz em lugares de maior vulnerabilidade social. “O reconhecimento do comando da BM por suas atuações, especialmente por honrarem as tradições da Brigada e do povo do nosso estado”, afirmou.

Operação de paz

A Organização das Nações Unidas (ONU) homenageia, no Dia Internacional dos Pacificadores, todos os homens e mulheres que serviram e continuam a servir nas operações de manutenção de paz, além de honrar a memória das tropas que perderam a vida na causa da paz.

A Operação de Paz é uma das atividades desenvolvidas pelas Nações Unidas para auxiliar países em conflito a superar situações de crise e de ameaça à paz mundial. Assim, proporciona condições de segurança e estabilidade interna, possibilitando que as instituições de Estado retomem suas atividades primordiais. É uma atividade complexa onde são empregados recursos humanos e materiais oriundos de várias partes do mundo.

A participação do Brasil nas missões de paz ocorre, num primeiro momento, por meio do Exército Brasileiro, da Marinha e Força Aérea Brasileira, encarregada do transporte das tropas, e posteriormente, com a inclusão das polícias militares. A Brigada Militar participou do processo enviando oficiais nas missões iniciadas no ano de 1993, quando 11 oficiais (todos no posto de capitão) foram indicados para a Operação de Manutenção de Paz em El Salvador.

Desde então, a BM vem participando ativamente em missões. Seus oficiais são selecionados internamente pela experiência profissional e conhecimento de idiomas. Depois de aprovados, seguem as determinações da ONU para compor o efetivo de UM Police do Brasil, para atuarem em diversos países nas diferentes missões como em El Salvador, Guatemala, Kosovo, Haiti, Timor Leste, Sudão do Sul e Guiné Bissau. Nestes 25 anos de atuação da BM, 22 oficiais participaram das Missões de Paz.

Prestigiaram a homenagem, o representante da Capitania dos Portos de Porto Alegre, capitão de Corveta Claudio Luis Estrella Pereira; o presidente da Associação de Integrantes do Batalhão de Suez/RS, Alfredo Marcelino de Souza Filho; o presidente da Associação de Oficiais da BM, coronel da Reserva Marcelo Gomes Frota; e o representante da Legião da Reserva Altiva das BM, coronel Jerônimo Santos Braga.

Fonte: BMRS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Equipe PontoPM

Equipe PontoPM