pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Como emitir uma opinião correta?

Aguarde alguns minutos para emitir uma opinião correta. Tenhas certeza de que todos os elementos necessários, à formulação de uma opinião correta, se complementam com as hipóteses possíveis. Se , depois validam-na como opinião correta, esperada e manifesta. 

A resposta certa é fruto de um conjunto de validações passadas e que no presente podem não ser suficientes para, de forma convicta, demonstrar que uma opinião correta é a mais adequada. 

A resposta é um conjunto de probabilidades que não encontra um pensamento uníssono. Depende da carga de Conhecimentos pretéritos que cada pessoa acumula ao longo da vida e por consequência a interpretação da resposta não encontra um raciocínio integral. É uma lógica condizente com o ambiente de cada pessoa.

Ao confrontar a resposta com a pergunta,  sem sombras de dúvidas,  devemos primeiramente saber se a pergunta é a mais coerente, se realmente temos a pergunta certa. Encontrar a pergunta certa é o passo principal que nos direciona à opinião correta.

Antes de se prestar a analisar a pergunta colocada, as hipóteses de Conhecimento,  o ambiente que se vive e o que realmente nos faz ter certeza da pergunta, é necessário ter a percepção adequada dos elementos de validações da pergunta, é preciso ter paciência para ouvir, ter paciência para compreender os elementos de dúvidas alocados pelo interlocutor, ter paciência para descartar pontos nebulosos que desqualificam a pergunta ou os propósitos dela.

Antes de emitir uma opinião correta, faz-se necessária a convicção de que ela é adequada,  necessária, pertinente e compatível com os seus elementos de valor, moral e ética.  Uma opinião correta que não se prende às convicções podem carregar elementos de anomia e desconstruir a imagem construída ao longo de toda uma vida. 

Sede paciente. 

Respostas de 8

    1. Meu Caro Adinan José Braga, muito obrigado pela visita ao espaço virtual pontopm.com.br, o texto publicado é parte do meu sentimento e da minha observação obrigando-me oferecer algo algo especial aos nossos leitores. Continue conosco neste espaço.

      1. Correto o texto quando equilibradamente buscamos dar uma resposta adequada à uma pergunta, também adequadamente construída.
        Muito diferente do que, infelizmente, vivemos hoje. É frequente ouvir perguntas mal formuladas ou até mesmo calculadamente direcionadas. Em contrapartida respostas torpes, apressadas, agressivas, direcionadas, mal intencionadas…
        Aqui no Brasil tem ficado pior, em decorrência da enorme perda na qualidade do ensino, sobretudo da língua portuguesa.
        É preciso ouvir, se informar, refletir… para poder perguntar e para responder.
        Parabéns, amigo Carlos!

        1. Caro Amigo Antônio Roberto Sá, muito obrigado pela assiduidade que mantêm ao espaço virtual pontopm.com.br, obrigado também pelas palavras. Espero construir textos que agradem pelo conteúdo e pelo prazer da leitura. A cada comentário de pessoas como você, a minha responsabilidade só aumenta.

  1. Muito bom Carlogal, texto enxuto, direto e objetivo.

    Veio num momento oportuno para mim, que pretendo divulgá-lo num outro grupo watzap

    1. Meu amigo Valter Braga do Carmo, eu e o espaço virtual pontopm.com.br agradecemos a sua visita bem como a divulgação das ideias. Obrigado pela assiduidade.

  2. Excelente colocação para que as respostas não sejam soltas e sem fundamentos.
    Parabéns amigo !

    1. Caro amigo Robson Maciel, obrigado pela visita ao espaço virtual pontopm.com.br, obrigado ainda pela assiduidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Carlos Alberto da Silva Santos Braga

Carlos Alberto da Silva Santos Braga

Major PM Carlos Alberto da Silva Santos Braga, natural de Bom Despacho - MG é Aspirante-a-Oficial da Turma de 1987. Ingressou na PMMG no ano de 1982, no Batalhão de Polícia de Choque, onde fez o Curso de Formação de Soldados PM. É Especialista em Trânsito pela Universidade Federal de Uberlândia e Especialista em Segurança Pública pela Fundação João Pinheiro. Durante o serviço ativo como Oficial na PMMG - 1988 a 2004 - participou de todos os processos estruturantes do Ensino, Pesquisa e Extensão. Nos anos de 1989 e 1990 participou da formação profissional da Polícia Militar do então Território Federal de Roraima durante o processo de efetivação da transformação em Estado. Foi professor da Secretaria Nacional de Segurança Pública nos Cursos Nacionais de Polícia Comunitária. A partir de 2005, na Reserva da PMMG, trabalhou como Vice-Diretor da Academia de Polícia Integrada de Roraima - Projeto da SENASP - foi Membro do Conselho Estadual de Trânsito de Roraima, Membro do Conselho Diretor da Fundação de Educação Superior de Roraima - Universidade do Estado de Roraima, Coordenador do Curso Superior de Segurança e Cidadania da Universidade do Estado de Roraima. Foi Superintendente Municipal de Trânsito de Boa Vista, Superintendente da Guarda Civil Municipal de Boa Vista, Assessor de Inteligência da Prefeitura Municipal de Boa Vista e professor nos diversos cursos daquela Prefeitura. Como reconhecimento aos serviços prestados ao Município de Boa Vista e ao Estado de Roraima foi agraciado com o Título de Cidadão Honorário de Boa Vista - RR e com a Medalha do Mérito do Forte São Joaquim do Governo do Estado de Roraima. Com dupla nacionalidade - brasileira e portuguesa - no período de fevereiro de 2016 a outubro de 2022, residiu em Braga - Portugal onde desenvolveu projetos de estudos na área do Conhecimento. Acadêmico-Correspondente da Academia Maranhense de Ciências Letras e Artes Militares - AMCLAM.