pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Policiais militares paraenses ocupam os espaços públicos de Belém-PA e ampliam a sensação de segurança de transeuntes e usuários de ônibus

Na “Operação Polícia nas Ruas” o profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA), ocuparam os espaços públicos, em Belém-PA, principalmente nos locais com registros elevados de ocorrências, ampliando a sensação de segurança de transeuntes, a pé ou em veículos, e usuários de ônibus.

As ações de presença dos policiais militares têm sido reconhecidas pelos cidadãos belenenses.

Leia outras informações, e saiba mais sobre a as ações bemsucedidas de polícia ostensiva dos membros da PMPA, na notícia transcrita em seguida.

Há cerca de um mês, a cozinheira Diana Corrêa, 45 anos, moradora do bairro da Marambaia, em Belém, voltava para casa quando foi vítima de assalto. Na tarde desta quinta-feira (20), ela, e mais centenas de moradores da capital, vivenciaram outra realidade. Diana teve a oportunidade de parabenizar os agentes de segurança que realizam a “Operação Polícia nas Ruas”, desenvolvida pela Polícia Militar nos bairros com maior incidência de crimes.

A operação, que prosseguirá durante todo o final de semana na capital, envolve 10 viaturas e 18 motocicletas da Polícia Militar, duas viaturas da Ronda Tática Metropolitana (Rotam) e 30 policias militares que já atuam no policiamento ostensivo nos bairros, além do reforço da Guarda Municipal de Belém.

À tarde, a operação foi realizada na área de jurisdição do 1º Batalhão de Polícia Militar, que abrange os bairros do Telégrafo, Pedreira, Marco, Curió-Utinga, Castanheira, Souza, Marambaia, Val de Cans, Miramar, Maracangalha e Barreiro.

Prevenção – De acordo com o comandante da operação, major Jorge Araújo, o objetivo é prevenir principalmente homicídios. “Para a escolha do local de realização da operação, a Polícia Militar trabalha com a chamada ‘mancha criminal’, que leva em conta o número de ocorrências de assaltos e homicídios em um determinado ponto da cidade”, explicou.

De acordo com o major, na área do 1° Batalhão, desde fevereiro deste ano, a “Operação Ônibus Seguro”, que faz parte da “Rede de Proteção ao Cidadão”, diminuiu as ocorrências de assalto a coletivos em 16%, em comparação ao mesmo período de 2016. “Hoje, a população já está mais habituada à presença dos policias militares dentro dos coletivos e nas ruas, e recebe muito bem estas operações”, afirmou o militar.

Segundo o motorista Almiro Silva, 59 anos, que trabalha na linha Marambaia/Ver-o-Peso, a presença dos policiais dentro dos ônibus deixa os rodoviários mais tranquilos. “Eu nunca fui vítima de assalto, mas tenho colegas de profissão que já foram. Depois do início destas operações a gente se sente mais seguro”, declarou.

A dona de casa Maria José Ferreira, 62 anos, disse que apesar da interrupção na viagem, as operações policiais são muito bem-vindas, pois trazem mais tranquilidade à população. “Eu já fui assaltada dentro de um ônibus, e fico mais tranquila quando vejo os policiais subindo nos ônibus para fazer a revista”, ressaltou.

Fonte: PMPA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Equipe PontoPM

Equipe PontoPM