pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

O Crime cibernético segundo o relatório “Norton Cyber ​​Security Insights” de 2017

No relatório “Norton Cyber ​​Security Insights” de 2017, um dos aspectos evidenciados foi a definição do crime cibernético. O alerta é sobre sua evolução dos negócios, na medida que se expandem e alcançam maior quantidade consumidores, favorecendo o conhecimento dos hábitos de compras, dos dados e novas maneiras de ludibriá-los. O modus operandi é dinâmico, muda a cada edição de relatório.

Outra consideração sobre o conceito do cibercrime está firmada na opinião de pessoas entrevistadas e que confirmaram um ou mais dos seguintes eventos:

    • Experimentou um ataque ransomware;
    • Recebeu informações de furtos de pagamentos do seu telefone;
    • Foi vítima de roubo de identidade;
    • Teve experiência de fraude no cartão de crédito ou débito;
    • Fez uma compra on-line que acabou por ser uma fraude;
    • Clicou em um email fraudulento ou forneceu informações confidenciais (pessoais / financeiras) em resposta a um email fraudulento;
    • Se sua informação financeira foi comprometida como resultado de fazer compras on-line;
    • Detetou atividade incomum em sua rede Wi-Fi doméstica;
    • Perdeu um emprego ou uma promoção devido a uma publicação de mídias sociais que você não postou;
    • Recebeu uma chamada telefônica ou texto que resultou em malware sendo baixado para o seu dispositivo móvel;
    • Tinha um dispositivo computador / tablet / telefone infectado por um vírus ou outra ameaça à segurança;
    • Caiu numa fraude de suporte técnico;
    • Acesso não autorizado ou pirata no seu perfil de email ou rede social;
    • Teve uma senha de conta comprometida;
    • Se alguém ganhasse acesso não autorizado a um dispositivo doméstico inteligente;
    • Minha informação baseada em localização foi acessada sem minha permissão;
    • Foi notificado de que sua informação pessoal estava envolvida em uma violação de dados;
    • Se outros usassem o seu Wi-Fi em casa sem permissão;
    • Se a atividade on-line de uma criança comprometia sua segurança;
  • Se tinha uma criança que recebeu intimidação online.

Com as informações do Relatório 2017 da Norton

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a)

Equipe PontoPM

Equipe PontoPM