pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

No Mato Grosso, profissionais da segurança pública sentem-se respeitados

Numa postagem publicada, no portal da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso (PMMT), há informações de que, segundo pesquisa realizada, no Mato Grosso, profissionais da segurança pública sentem-se respeitados, lembrando o que foi destacado neste Pontopm.

A pesquisa mostra que, no Mato Grosso, profissionais da segurança pública sentem-se respeitados

Realizada no período de julho de 2017 a fevereiro de 2018, a pesquisa objetivava “traçar o clima organizacional das instituições” constituídas pelos “profissionais da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Politec.”

A direção das atividades da pesquisa coube à “Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Sesp, em parceria com as unidades de segurança” e foi conduzida pelos “membros do Comitê Setorial de Saúde e Segurança da Sesp” que fundamentaram “o estudo de clima organizacional em três frentes: gestão, comportamento organizacional, comunicação e ambiente de trabalho.”

Foi utilizado “um questionário, online e presencial, 1.577 servidores públicos das forças de segurança, totalizando 11,86% de todo o efetivo”, a fim de que opinassem a respeito da temática ora estudada.

Conclusões da pesquisa mostram que, no Mato Grosso, profissionais da segurança pública sentem-se respeitados

Na última terça-feira (17), na parte da tarde, segundo a postagem, “o grupo de trabalho da Gestão de Pessoas da Sesp apresentou ao secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia, os resultados obtidos.”

Após consolidados e analisados, aqueles resultados indicaram que os pesquisados “das forças de segurança de Mato Grosso se sentem bem tratados e livres de qualquer preconceito racial, religião e orientação sexual.”

Destacou-se, também, que “o quesito que alcançou alta porcentagem dos servidores foi o reconhecimento da chefia com os resultados alcançados” e que mais “de 80% dos pesquisados se sentem reconhecidos com a função que desempenha[m].”

O secretário da segurança pública, Gustavo Garcia, destacou que a “equipe está de parabéns pelo trabalho desenvolvido. É muito bom saber dos servidores como estão se sentindo no desempenho de sua função. Queremos melhorar cada vez mais nosso ambiente de trabalho”.

Para a “coordenadora de Gestão de Pessoas da Sesp, Keila Regina da Silva Nunes Costa,” o “trabalho é fundamental para conhecer os anseios dos servidores.” Nesse sentido, enfatizou:

Essa pesquisa permitiu saber o que o profissional deseja e traçar metas para aperfeiçoar ainda mais. Muitas melhorias surgem da visão do servidor que atua lida diariamente com dificuldades e soluções.

O próximo passo, ainda segundo a coordenadora, é apresentar o resultado ao gestor de cada instituição e, a partir daí, criar meios para avançar na valorização do servidor.

Com as informações da PMMT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a)

Equipe PontoPM

Equipe PontoPM