Neste Junho Verde, Polícia Militar de Brasília reinaugura o Museu Ambiental

Para os profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública que desenvolvem as atividades de polícia ostensiva ambiental, a reinauguração do Museu Ambiental, no Parque de Águas Claras, é um marco significativo, neste Junho Verde.

Na solenidade programada, participaram diversas autoridades, além dos policiais militares que integram o Sistema de Polícia Ostensiva do meio ambiente.

Leia mais sobre o evento, na notícia publicada, no portal da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), que é transcrita a seguir:

Hoje (12), autoridades militares e representantes da Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), da Secretaria da Criança, e do Ministério Público se reuniram para prestigiar a reinauguração do Museu Ambiental da PMDF, localizado no Parque de Águas Claras junto ao Centro de Referência em Educação Ambiental, pertencente ao IBRAM. Essas ações conjuntas visam conscientizar crianças, jovens e adultos quanto à importância da preservação do meio ambiente e dos elementos que o compõe, como a fauna e a flora.

O comandante do Comando de Policiamento Ambiental – CPAm, coronel William, falou da gratidão em reabrir o espaço para a população e explicou a respeitos dos benefícios positivos que a iniciativa vai proporcionar também às gerações futuras. “Essa entrega que nós fizemos à comunidade é um sentimento de realização, nos faz sentir mais pertencentes ao meio ambiente, no sentido de envolver as crianças nesse processo, para que elas saibam que utilizando melhor os recursos como, como por exemplo a água, nossos recursos hídricos, elas estarão contribuindo para as futuras gerações. Essa conscientização, essa mudança de atitude, nos faz sentir sobretudo muito grato por poder contribuir nesse processo”.

Além das autoridades presentes, o evento recebeu outros convidados especiais na ocasião, os alunos do 4º ano da Escola Classe 104 de São Sebastião. A professora da turma, Valéria Sousa Gandra, falou da surpresa ao receber o convite e acrescentou que a experiência é um complemento ao que é ensinado em sala. “Estou achando muito interessante a visita com os meus alunos. A gente ensina sobre a preservação do meio ambiente, da fauna, da flora, então eles estão vendo aqui na prática o que eles veem em sala. Hoje, para eles, está sendo um presente, pois os pais não tem condições de levá-los num lugar como o museu. Para eles é um aprendizado muito grande”.

O Museu recebeu o selo ‘Criança Candanga’ das mãos da primeira dama e autora do projeto, Sraª Márcia Rollemberg, que visa dar prioridade a políticas públicas voltadas para a infância e adolescência. A primeira dama explicou às crianças sobre a importância de colocar em prática o respeito mútuo entre as pessoas e também com o meio ambiente.

No museu estão expostos animais taxidermizados, que são animais empalhados, como onça, cobra, bicho-preguiça, lobo-guará, entre outros, da fauna do Cerrado. O museu possui sistema sonoro que emite sons de animais silvestres e para simular o ambiente natural que vivem.
O Museu Ambiental está aberto para visitação de segunda à sexta-feira, das 07h às 19h ou por agendamento, pelo telefone: (61) 9 8364-7127.

Presentes: comandante-geral da PMDF, coronel Marcos Antônio Nunes de Oliveira, a primeira dama, Márcia Rollemberg, alunos da Escola Classe 104 – São Sebastião-DF, chefe do Departamento de Educação Ambiental do IBRAM, Luis Gatto, representantes da Secretaria da Criança e do setor de medidas alternativas do Ministério Público, Teatro Lobo-Guará e Banda da PMDF.

Fonte: PMDF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a)