pontopm
Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Militares estaduais femininos, em Minas Gerais, encerram o mês de março em grande estilo!

As militares estaduais femininos de Minas Gerais participaram nesta terça-feira (28) do Primeiro Encontro da Mulher Militar.

No evento, as profissionais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar tiveram a oportunidade de ouvir, debater e compartilhar temas específicos sobre o trabalho feminino nas instituições militares estaduais.

Enfatizando a “valorização do trabalho feminino” o Primeiro Encontro da Mulher Militar reuniu também palestrantes renomadas, conforme se vê no portal da Polícia Militar de Minas Gerais, com os seguintes destaques:

Voltado para o reconhecimento e a valorização do trabalho feminino dentro das instituições militares de segurança pública, ocorreu hoje (28), o Primeiro Encontro da Mulher Militar, promovido pela Associação dos Oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar (AOPMBM), no Auditório do Clube dos Oficiais.


O encontro reuniu palestrantes renomadas no cenário nacional para falar sobre o tema do encontro. E as expectativas foram superadas com o auditório lotado de participantes. A primeira palestra do dia foi “Ascensão feminina nas instituições limitada com base no gênero e não na qualificação profissional”, proferida pela Dra. Laura Berdine Santos Delamônica, que é Diplomata da Divisão de Temas Sociais, do Ministério das Relações Exteriores.

Em seguida ocorreu o painel “História da Policial Feminina na PMMG – vencendo paradigmas”, mediados pela tenente-coronel PM Karla Fernanda de Oliveira Morais, chefe da AE5, pela coronel coronel QOR Luciene Albuquerque e pela coronel QOR Áurea dos Santos Silva Araújo.

A tarde a programação teve continuidade com mais duas palestras. A primeira palestra da tarde foi “A manutenção da desigualdade de gênero feminino como forma de opressão recebida através de políticas administrativas, brincadeiras, metáforas e linguagens utilizadas”. O tema, ainda muito caro a todas as mulheres, foi tratado pela Dra. Cristiane Serpa, presidente do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais.

Após um intervalo, o evento entrou na sua parte final, encerrado pela major Maria de Fátima Rufino Figueiró de Lourdes, presidente da Associação Feminina de Assistência Social (AFAS), proferindo as palestras “A Consciência das mulheres e sua organização para que haja mudanças na sua condição institucional” e “Ingresso feminino nas instituições sustentado pela cultura patriarcal e educação familiar mantendo status de inferioridade”.

Fonte: PMMG.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o(a) Autor(a):

Picture of Equipe PontoPM

Equipe PontoPM